Buscar
  • Elisa Lopes

O Medo. Conhece?



MEDO.

DE DAR CERTO. DE DAR ERRADO.

DE NÃO TER MAIS DESCULPAS

DE TER TODAS AS RAZÕES

DE PERDER

DE GANHAR

DE SER MELHOR

DE SER PIOR

VEM JULGAMENTO

ANSIEDADE

FUGA

ESCONDERIJO E PERIGO

SER PEQUENA

SER GRANDE DEMAIS

TRANSBORDAR OU SE AFOGAR

O MEDO QUE TIRA O AR, MAS TAMBÉM É COMBUSTÍVEL


Eu desconheço quem não tenha. Mas conheço muitos que também tem coragem.

A diferença na vida delas é que aprenderam que a vida é aprender. Não se apequenam com seus erros e nem se encolhem nas críticas.

Esse ser, que não tem vergonha de ser quem se é, que não entrega ao outro o poder maior do que a si mesmo.

Porque não há coragem sem medo. Mas também não há medo sem um perigo. E o tamanho dessa ameaça quem quantifica é você.

Porque vão perceber suas fraquezas. Podem descobrir seus defeitos. E que você não sabe todas as respostas, que perde a cabeça, que tem preguiça de muita gente, que sofre, que chora, que grita, que vibra.

Meu Deus! Podem perceber que você é HUMANA.

Sim, por que você achou que era virtual? Algo irreal? Super herói talvez?

Pois é, o problema talvez seja esse. Tantos super atletas, super mães, super pais, profissionais, que dão conta de tudo e não erram nunca, que esquecemos da nossa humanidade. Aquela do sentido do dicionário mesmo: CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS À NATUREZA HUMANA

O medo faz parte disso. Mas que bom, a coragem também.

Somos todos aprendizes. Estamos aqui para evoluir. E se precisamos evoluir é porque não sabemos tudo. Porém devemos ter uma grande certeza: o seu valor é você que determina. E deve ser incalculável, nunca comercializado e jamais questionável por alguém.


Quando você se valoriza, sua coragem também aparece. E aí o medo se enfraquece. E é você quem cresce.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo